FGA311 – TRANSMISSOR DE O2 EM GASES DE COMBUSTÃO IN-SITU

Disponível: Em Estoque

O FGA311 é um transmissor de oxigênio em gases de combustão, no local, de baixo custo. Seu projeto de transmissor compacto incorpora os componentes eletrônicos e a sonda de oxigênio em um encapsulamento resistente a intempéries ou à prova de explosões. Este transmissor de oxigênio microprocessado foi projetado para permanecer em operação com um tempo de inatividade mínimo. O transmissor é ideal para aplicações de queima limpa como caldeiras, aquecedores e fornos de processo. Ele oferece uma solução econômica para várias aplicações de instalação.

CLIQUE E FAÇA O DOWNLOAD DO CATÁLOGO

Microprocessado

Diagnóstico à prova de falhas

Saídas digital RS232 e analógica de 4 a 20 mA

Manutenção fácil

Encapsulamentos resistentes a intempéries ou à prova de explosão disponíveis

Informação adicional

Fabricante

Hamilton

Um transmissor de oxigênio no local para uso em:

Caldeiras alimentadas com gás natural ou óleo

Aquecedores de processo alimentados com gás natural ou óleo

O transmissor FGA311 tem custo e manutenção econômicos. Revestimentos proprietários sobre o sensor de óxido de zircônio ampliam a vida útil do sensor. Através de um projeto inovador, é possível retirar e fazer manutenção no sensor sem remover o corpo do analisador do ponto de instalação. O transmissor FGA311 possui uma saída analógica isolada e uma interface digital RS232. Também possui diagnóstico à prova de falhas, que inclui um temporizador watchdog. Ele pode ser totalmente reparado e programado em campo.

Desempenho

Exatidão ±3% de leitura ou 0,1% de O2
Resolução da Medição Saída de 4 a 20 mA 0,01 mA
Interface de Terminal RS232 0,01% O2
Tempo de Resposta Menos de 5 segundos para 63% de mudança de passo
Faixa de Medição Totalmente selecionável em campo via interface RS232 ou chaves integradas: • 0% a 5% de O2 • 0% a 10% de O2 • 0% a 25% de O2

Temperatura

Processo Padrão: 150°C a 650°C (300°F a 1200°F)

Alta Temperatura: 150°C a 1050°C (300°F a 1920°F)

Componentes eletrônicos -20°C a 70°C (-4°F a 160°F) ambiente

 Calibração

Métodos Semiautomático por botão de pressão

Interface RS232

Ajuste do potenciômetro digital

Misturas de Gases Recomendadas 5,0% de O2, N2 em equilíbrio (dependendo da aplicação e da faixa)
Vazão dos Gases de Calibração 2000 cc/min (4 SCFH)
Ar de Referência 20 a 50 cc/min, ar de qualidade com instrumento limpo seco (20,93% de O2), regulado para 3 psi (0,2 bar)

Funcional

Saída Saída analógica: 4 a 20 mA CC, máximo 600 S, isolada

Saída digital Comunicações RS232

Consumo de Potência 115 VCA, 75 W

230 VCA, 135 W

Conexão de Processo Padrão: NPTM 1,5 pol.

Opcional: 50 mm (2 pol.) e flanges maiores

Física

Materiais Sonda: Peças imersas ou soldadas do processo

Temperatura padrão: Aço inoxidável 316

Alta temperatura: Liga Inconel®

Caixa Alumínio revestido com epóxi
Dimensões 6,8 kg (15 lb); comprimento da sonda 482,6 mm (19 pol.)
Montagem Vertical ou horizontal, NPT 1,5 pol., flanges disponíveis na maioria dos tamanhos
Certificações para Locais Perigosos À prova de explosão/chamas: Classe I, Divisão 1, Grupos B, C e D T6 (caixa eletrônica) T4 (sonda do sensor) ISSeP02ATEX028 X, Componentes eletrônicos: II 2 GD EEx d IIB T6 ISSeP02ATEX028 X, Processo: II 2 GD EEx d IIB T2
Ambiental Resistente a intempéries Tipo 4X/IP66
Conformidade Européia Conformidade com a Diretiva EMC 89/336/EEC, 73/23/EEC LVD (Categoria de Instalação II, Grau de Poluição 2)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “FGA311 – TRANSMISSOR DE O2 EM GASES DE COMBUSTÃO IN-SITU”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...
Back Top
WhatsApp Orçamento pelo Whatsapp